Mais um acusado de executar empresário de Santa Quitéria é condenado á 20 anos de prisão.

Acusado Beto

(Acusado) Foto: Polícia Civil.

            Ocorrido no dia 17 de fevereiro de 2012, completados seis (6) anos da morte do empresário Beto Magalhães, abalando familiares, amigos, comerciantes e a população em geral do município de Santa Quitéria. O caso teve mais um desfecho nesta terça feira (27), em que a Polícia Civil de Santa Quitéria, na pessoa do Dr. Victor Muniz e seus policiais, cumpriram uma ordem judicial que pedia imediatamente o deslocamento para a Cadeia, de mais este elemento envolvido no crime, que se encontrava em prisão domiciliar no município de Catunda, e agora passará a cumprir 20 anos de reclusão inicialmente em regime fechado na Cadeia Pública de Santa Quitéria. “O elemento se trata de Francisco Antonio de Paiva Farias (Vulgo Toinho Paraná), sua situação perante a lei não cabe mais recursos, e o mesmo já começou a cumprir sua pena.” Frisou o delegado.


  Os comentários postados aqui são de inteira responsabilidade de seus autores  

Publicidade

Spaco Vip
Exequiel Consertos
Vale Turismo
Oticas Quiroz
Fan Fitness
Som Records
Parafuso
Drogaria Santa Terezinha
Radiosnet

Facebook

Contador de visitas

00427488
Seu IP: 34.203.225.78
11/12/2018 19:40