Seleção brasileira empata em 1x1 com a Suíça e quebra sequência de vitórias em estreias.

Juiz é questionado por não utilizar arbitro de vídeo.

Brasil

             O Brasil empatou com a Suíça neste domingo em Rostov-on-Don, pela primeira rodada do Grupo E da Copa do Mundo Rússia 2018. Após sair na frente com Philippe Coutinho, eleito o melhor em campo, a seleção sofreu o empate em jogada aérea, no início do segundo tempo. Shaqiri cobrou escanteio, Miranda foi empurrado por Zuber, que ganhou a disputa pelo alto e estufou as redes de Alisson. Apesar das reclamações dos jogadores brasileiros, o árbitro mexicano César Ramos não pediu o auxílio do VAR e confirmou o gol suíço. Ele ainda ignorou as reclamações de Gabriel Jesus pela marcação de um pênalti, que, de fato, não existiu.

              Por se tratar de uma estreia em Mundial, a seleção começou o jogo mais preocupada em fechar os espaços do que em atacar. Os suíços dominaram as ações nos primeiros cinco minutos, mas logo a equipe brasileira assumiu o controle da bola e passou a ditar o ritmo. Aos 20 da etapa inicial, Coutinho aproveitou a sobra de fora da área e acertou um lindo chute para abrir o placar. A partir do gol, o Brasil tirou o pé do acelerador, dando campo ao adversário, que se animou pelo empate antes do intervalo. Porém, a defesa brasileira, bem postada e sob a proteção de Casemiro, não levou sustos no primeiro tempo.

            Depois de sofrer o empate na etapa final, Tite tentou suas cartadas para conseguir a vitória. Sacou Casemiro, amarelado, e promoveu a entrada de Fernandinho. Também colocou Renato Augusto, que, em tratamento de lesão, não participou dos amistosos preparatórios, no lugar de Paulinho. Entretanto, o setor de meio-campo se mantinha desorganizado. Neymar voltava para buscar jogo, mas foi bastante caçado pelos defensores suíços. Firmino substituiu Jesus e quase marcou em uma cabeçada, aos 44 minutos, que parou nas mãos do goleiro Sommer – o melhor da Suíça na partida. Embora tenha tido mais posse de bola (53%) e finalizações (20), a seleção se mostrou instável e ansiosa diante da necessidade de buscar o resultado no segundo tempo, algo que ainda não havia acontecido nos amistosos contra Croácia e Áustria.

           Historicamente, o Brasil sempre enfrentou dificuldades em estreias de Copa do Mundo. No entanto, ao contrário deste domingo, havia conseguido vencer seu primeiro jogo nas três últimas edições: 1 a 0 na Croácia (2006), 2 a 1 na Coreia do Norte (2010) e 3 a 1 de virada novamente sobre a Croácia (2014), jogando em casa. Há 40 anos a seleção não tropeçava na partida inaugural do torneio. A última vez foi em 1978, também por 1 a 1, contra a Suécia, na Copa da Argentina.
Com um ponto no Grupo E, o Brasil divide a segunda posição com a Suíça, atrás da Sérvia, que bateu a Costa Rica por 1 a 0. Agora, a seleção volta a campo na próxima sexta-feira (dia 22), em São Petersburgo, para enfrentar os costarriquenhos, e fecha a fase de grupos contra a Sérvia, em Moscou, no dia 27.

 

 

 


  Os comentários postados aqui são de inteira responsabilidade de seus autores  

Publicidade

Spaco Vip
Exequiel Consertos
Vale Turismo
Oticas Quiroz
Fan Fitness
Som Records
Parafuso
Drogaria Santa Terezinha
Radiosnet

Facebook

Contador de visitas

00427233
Seu IP: 52.91.245.237
09/12/2018 23:18