Pré- candidatos à presidência da república comentam decisão de soltura de Lula.

Único que defendeu claramente o Habeas Corpus do petista foi apenas Guilherme Boulos (PSOL).

boulos

(Foto: Internet)

                  Neste domingo o ex-presidente Lula que está preso na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba desde maio deste ano, recebeu a notícia de seus advogados e aliados, de que o desembargador Federal Rogério Favreto aceitou o seu pedido de Habeas Corpus, Lula está preso através de decisão do Juiz Federal Sergio Moro.
Favreto após ter tido a sua decisão revogada, se pronunciou que vai mate-la. O mesmo foi questionado por alguns opositores á Lula, por que foi filiado ao Partido dos Trabalhadores até 2010.

Guilherme Boulos do PSOL fala de partidarização do judiciário depois da revogação da decisão.

Marina Silva pré-candidata pela Rede, escreveu em seu Twitter que a atuação de um plantonista não pode causar turbulência política.

O ex-governador Geraldo Ackmin, pré-candidato pelo PSDB, ressaltou que o Brasil precisa de ordem e segurança jurídica.

O senador Álvaro Dias, pré-candidato do Podemos escreveu que o despacho de Favreto provoca anarquia no judiciário.

E o ex-ministro Henrique Meireles pré-candidato pelo MDB, disse ser absolutamente contra a politização da justiça.


  Os comentários postados aqui são de inteira responsabilidade de seus autores  

Publicidade

Vale Turismo
Oticas Quiroz
Fan Fitness
Som Records
Parafuso
Drogaria Santa Terezinha
Radiosnet

Facebook

Contador de visitas

00416809
Seu IP: 54.162.159.33
26/09/2018 04:03