CDL de Santa Quitéria realiza encontro para tentar resolver a situação da Agência do Banco do Brasil.

O momento foi de discussões em torno dos prejuízos que a cidade está tendo com a paralisação dos serviços básicos da instituição no município.

CDL

Foto: Jarbas Freire.

               O Banco do Brasil está limitando o funcionamento dos terminais de autoatendimento para segunda á sexta de 08h ás 17h, e não abertura nos finais de semana e feriados. Não acontecendo assim, o devido abastecimento normal dos caixas eletrônicos, tendo toda a movimentação feita com os valores de transações locais, causando assim a demora nos atendimentos, principalmente aos apresentados, que são pessoas de idade e que sofrem nas filas, descumprindo inclusive uma Lei municipal. Devido a essa situação, foi que aconteceu na noite desta terça feira (07) no Auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Quitéria, uma reunião em torno de buscar sanar os problemas que vem passando a população, com relação ao não funcionamento normal da agência. O encontro fez com que alguns comerciantes participassem de um debate direto com o gerente local Leonardo Parente, que se dispôs a estar presente para ouvir o desabafo dos comerciantes com relação à situação. Segundo informações do diretor da CDL Marcelo Magalhães: “A reunião possibilitou com que pudéssemos discutir qual a melhor forma de resolver esse problema.”

             Marcelo ainda frisou que se poderia ter formalizado naquele momento, um Conselho Municipal de Defesa Social, mas em comum acordo, acharam melhor esperar por um projeto de Lei que foi apresentado pelo vereador licenciado Lino Paiva, que será votado na Câmara Municipal nesta sexta feira (10). Logo depois da aprovação do legislativo, será levado para o prefeito, para sanção ou não. Cabendo assim ao executivo resolver a situação, pois segundo relatos do próprio gerente, muitas informações positivas do município, já foram enviadas para a Superintendência da instituição, como a implantação de Câmeras de alta resolução em pontos estratégicos e saídas da cidade, e também do Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRAIO).

            Em uma eventual aprovação desse Conselho Municipal de Segurança, será mais algo de bom para apresentar, e quem sabe será a ultima peça do quebra cabeça, para que finalmente os serviços possam voltar a sua normalidade. Leonardo Parente ainda afirmou que a estrutura do prédio está apta a receber novamente os serviços, agora só falta ter a liberação da Superintendência para voltar a funcionar, a mesma atualmente julga falta de segurança no município para o não funcionamento normal da agência quiteriense, que já tem 36 anos. Esteve presente também o comandante do BPRAIO Tenente Paulo Ferreira, Tenente Diogo, comandante da 3ª Companhia do 7º Batalhão de Polícia Militar, além dos vereadores Cesário Junior e Manjado, comerciantes e parte da imprensa local.

           Todo esse problema iniciou se há quase quatro meses, quando a agência teve o cofre arrombado por uma quadrilha, que colocou em dúvidas, perante á população o sistema de segurança dessa instituição pública financeira, pois o mesmo não conseguiu a cão dos criminosos. O fato aconteceu durante a madrugada do dia 15 de Abril, quando elementos adentraram silenciosamente no prédio e conseguiram lograr êxito, levando uma quantia não informada.

 

Repórter: Jarbas Freire.


  Os comentários postados aqui são de inteira responsabilidade de seus autores  

Publicidade

Vale Turismo
Oticas Quiroz
Fan Fitness
Som Records
Parafuso
Drogaria Santa Terezinha
Radiosnet

Facebook

Contador de visitas

00420702
Seu IP: 54.196.26.1
19/10/2018 02:02